Vem aí a Mostra de Teatro da Fábrica de Sonhos

Nesta edição a Mostra acontece em dois espaços, na UCS e na Casa de Cultura.

A Mostra de teaCartaz finaltro da Fábrica de Sonhos, tradicional evento que movimenta a cultura teatral na cidade no mês de novembro, terá mais uma edição nos dias 25, 26 e 30. Mais de 100 alunos divididos em sete grupos subirão ao palco para mostrar suas criações gratuitamente para toda a comunidade farroupilhense.

Nos dias 25 e 26 de novembro a Mostra acontece na UCS Farroupilha, às 20h e reúne os grupos do Centro Ocupacional Senador Teotônio Vilella, Casa da Criança Odete Zanfeliz, escola Antonio Minella e Contraturno do Bairro Primeiro de Maio. Já no dia 30 de novembro, ás 20h a Mostra é na Casa de Cultura e conta com a participação dos grupos GFAC – Grupo Farroupilha de Artes Cênicas e Teatro dos Vitrais, grupo formado na própria Casa de Cultura. “Optamos por realizar a apresentação em dois espaços diferentes este ano, buscando atingir públicos diferenciados, e também porque a Casa de Cultura tem sido um local de referência de desenvolvimento cultural na cidade”, comenta Cássio Azeredo organizador da Mostra.

Para a Mostra na Casa de Cultura haverá a distribuição de 60 senhas 1h da apresentação na própria Casa de Cultura. Algumas novidades surgidas na edição passada como exposições visuais, e o prêmio de ator e atriz revelação da noite, continuam na edição 2014 da Mostra.

Realizado pela Marca Produções Culturais, o Projeto Fábrica de Sonhos está presente em outras cidades do estado e conta com mais de 300 alunos fazendo teatro. O projeto recebeu em 2012 o Troféu Cultura FAMURS, como melhor projeto do estado na categoria teatro.

SINOPSES E PROGRAMAÇÃO:

  • TERÇA-FEIRA DIA 25 DE NOVEMBRO ÁS 20H – UCS FARROUPILHA

Sobre Sonhos e portas fechadas – Grupo Entre Nós – Centro Ocupacional Senador Teotônio Vilella

sobre sonhos e portas fechadas

Sobre sonhos e portas fechadas é o resultado da pesquisa do grupo Entre Nós sobre diversas situações que permeiam o ambiente familiar e o contexto social no qual os alunos estão inseridos. A narrativa apresenta a história da personagem Ana, desde seu nascimento, infância até se tornar uma adolescente e poder fazer suas próprias escolhas. A falta de um pai, a dificuldade de relacionar-se com a mãe, e a possibilidade de romper um ciclo de vivências pré-determinadas são alguns dos temas revisitados nesta criação feita pelos próprios alun
os.

Manuel e Manuela – Grupo Speta un Poqtin – Escola Antonio Minella

manuel e manuela

A peça inspirada no texto Dois Corações e Quatro Segredos de Beto Andretta e Liliana Iacocca, conta a história de Manuel que foi separado de sua noiva Manuela, pelo coronel Zé das Botas. Para livrar sua noiva das garras da Morte, Manuel terá que enfrentar diversos perigos. A farsa poética infanto-juvenil utiliza no texto a linguagem em versos da literatura de cordel e trás a cena, diversos personagens fantásticos que resultam em uma divertida história destas que permeiam o imaginário cultural do Brasil.

Quem um dia irá dizer… Grupo Ta ligado – Contraturno do Bairro Primeiro de Maio

Helena é uma menina comum, que gosta de festa, de escola, e também gosta do Bruno Gabriel,quem um dia o B.G. Ele também gosta dela, mas disfarça bem. Ás véspera do final do ano eles ainda não ficaram e ter que esperar as férias inteira para resolver este problema parece tempo demais. Se, no fim, o B.G. vai chegar em um cavalo branco e pedir a mão da princesa Helena só a festa de encerramento das aulas vai dizer.

  • QUARTA-FEIRA DIA 26 DE NOVEMBRO ÁS 20H UCS FARROUPILHA

A princesa e o par de luvas – Grupo Os impostores – Casa  da Criança Odete  Zanfeliz

A princesa e o par de luvas reúne todos os elementos de uma clássica história de contos de fadas. Tudprincesao começa quando a Rainha Tulipa, um pouco antes de morrer revela a sua filha a história de um antigo par de luvas encantados que protege sua família a muitas gerações. A partir deste trágico enunciado, a princesa Áurea passa por uma série de situações que misturam princesas, príncipes, bruxas, carruagens, luvas, e uma boa dose de mistério.

O Médico a Força – Grupo Sub Mundo – Casa da Criança Odete Zanfeliz

A partir da clássica narrativa de Moliere o grupo Sub Mundo mergulha no universo teatral para contar a história de Sganarello, um esperto lenhador que após bater e
m sua mulher leva o troco quando esta encontra dois mensageiros do nobre Geronte que estão à procumedico (1)ra de um médico. Martinha os faz acreditar que seu marido é médico, mas que precisa apanhar muito para mostrar o seu verdadeiro dom. Sganarelo é levado até a casa de Geronte para curar a estranha doença de sua filha Lucinda, que ficou muda repentinamente às vésperas de seu casamento arranjado pelo pai.

Brigas Grupo Farroupilha de Artes Cênicas – GFAC

A trama relata o cotidiano de um casal que, apesar de viverem juntos já há alguns anos, nunca discutiram ou brigaram, o que está deixando Maria Cristina desconfortável diante da anormalidade desta situação. Trata-se de um texto cômico e ligeiramente picante inspirado na obra do escritor e dramaturgo mineiro Christian Gurtner.

Manuel e Manuela – Grupo Speta un Poqtin – Escola Antonio Minella(peça apresenta nas duas noites da Mostra)

Brigas – Intervenção Cênica do GFAC – Grupo

 DOMINGO DIA 30 DE NOVEMBRO ÁS 20H NA CASA DE CULTURA

DONA OTÍLIA LAMENTA MUITOCartaz dona otilia - Cópia

Em “Dona Otilia lamenta muito” tudo gira em torno de um casal que está comemorando 10 anos de casamento. Sem saber que o marido está decidido a deixá-la, a mulher prepara um jantar surpresa, para o qual convidou alguns amigos comuns. E por mais que o homem tente contar a novidade, Otilia praticamente não o deixa falar. E mesmo quando é informada do desejo do marido de ir embora, não admite. Não na noite em que iriam comemorar o aniversário de seu casamento.

A LOJA DE CHAPÉUS

A Loja de Chapéus traz a cena uma vendedora e um comprador: uma simples relação cotidiana, não fosse à singularidade destes dois seres. Valentin quer comprar um chapéu novo. Depois disto surge uma interessante mistura de palavras, intenções, filosofias, decepções, indecisões tudo com um leve toque de humor. A peça aborda a capacidade que o ser humano tem de complicar-se, o inusitado, o cômico que reside em nós.

 DÁ LICENÇA POR FAVOR

Um homem chega a um teatro e quando se dirige à sua poltrona, vê nela a bolsa de uma senhora. E então, extremamente educado, pergunta a ela se o lugar “está ocupado”. É óbvio que não, pois uma bolsa, ao menos em princípio, não assiste a um espetáculo. Trata-se, apenas, de uma maneira gentil de sugerir que aquele assento é o dele, estando implícita a retirada, pela dama em questão, da sua bolsa. Mas aí começa uma discussão que, crescendo pouco a pouco, atinge as raias do mais completo absurdo. Sem dúvida, uma obra-prima de humor, calcado na intolerância e na incapacidade dos personagens de se fazerem entender, graças à intempestiva e desvairada senhora.

Serviço:

O que? Mostra de Teatro da Fábrica de Sonhos

Quando/Onde? Dia 25 e 26 de novembro na UCS Farroupilha (Rodovia dos Romeiros, 567)

                             Dia 30 de novembro na Casa de Cultura (Rua da República, 172)

Que horas? 20h

Entrada? Gratuita (na casa de cultura distribuição de 60 senhas a partir das 19h).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *