RAMAL 340: sobre a migração das sardinhas ou porque as pessoas simplesmente vão embora

A Marca Produções Culturais recentemente produziu em parceria com o Coletivo Errática o espetáculo Ramal 340: sobre a 042015-URSULAJAHN_Ramal_6323 (1280x848)migração das sardinhas ou porque as pessoas simplesmente vão embora, projeto contemplado pelo FAC RS – 2013. Além da produção, a iluminação da peça foi criada e executada por Cássio Azeredo e Tiago Gasperin.

11008404_339243229613338_2909400078435915765_nO projeto realizou cinco apresentações da peça na Estação da Cultura de Montenegro,  o Laboratório de Percepção: narrativas da memória, uma proposta de convívio a partir de elementos teatrais com as apenadas da Penitenciária Modular de Montenegro, Os transbordamentos de Composições Cênicas – ações performáticas geradas no processo de criação da peça nas cidades de Montenegro, Capela de Santana e Mara10942497_339492212921773_709724512203258172_ntá.

Ainda faremos uma apresentação da peça na localidade de Pesqueiro, dentro do presídio, e publicaremos o texto da peça, de autoria de Francisco Gick, no blog do Coletivo Errática.

A peça ainda foi selecionada para compor a programação do 7º Festival Internacional de Teatro de Rua de Porto Alegre.

Gostaríamos de agradecer ao Coletivo Errática por esta parceria e pela imensa aprendizagem, especialmente a diretora Jezebel de Carli pela confiança.

  • Foto 1: Apresentação na Estação da Cultura de Montenegro (Ursula Jahn);
  • Foto 2: Laboratório de Percepção na Penitenciária Modular de Montenegro (Cássio Azeredo);
  • Foto 3: Transbordamentos de Composições Cênicas (Francisco Gick).

Saiba mais em: https://www.facebook.com/coletivoerratica e https://coletivoerratica.wordpress.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *