Cássio Azeredo participa de projeto, financiado pela Caixa Econômica federal

Texto publicado no Jornal Ibiá da cidade de Montenegro:

LITERATURA SOBE AO PALCO DA ESCOLA ETELVINO

No ano passado a ONG Moradia e Cidadania, dos empregados da Caixa Econômica Federal,ong patrocinou projeto na Escola Esperança, da cidade de Montenegro. Este ano a ONG volta a atuar culturalmente na cidade, financiando projeto para a Escola Etelvino de Araújo Cruz, situado no distrito rural “Rua Nova”.

Conforme explica Pedro Stiehl, empregado da Caixa que coordena os trabalhos, o projeto vai levar o teatro para dentro da escola. E o teatro protagonizado pelos alunos. Na escola Etelvino de Araújo Cruz, estudam fundamentalmente filhos de agricultores. O teatro, apesar de existir na Escola, é uma atividade rara. Dar conhecimento desta arte àqueles que pouco a conhecem é o objetivo do projeto.

Neste sen teatro. Assim, a ONG Moradia e Cidadania doará o livro “Caixa Preta”, da escritora montenegrina Patrícia Franz aos alunos que, num primeiro momento, será lido por eles e depois interpretado de forma teatral. Nesse segundo passo, o diretor de teatro Cássio Azemulher caixa pretaredo, desenvolverá apresentação cênica com os alunos de três crônicas do livro, onde o imaginário, a valorização épica, a importância das relações entre fantasia e realidade se mostrarão de fato.

Nas palavras de Cássio: “Vivemos em um momento da história que as atividades artísticas de qualquer natureza são muito importantes. Arte é resistência, é ampliação dtido, foi criado o projeto PALCO NA ESCOLA. O PALCO NA ESCOLA envolverá literatura ee horizontes é a construção de uma consciência crítica da sociedade. Poder contribuir para esta realidade em um lugar tão especial quanto a escola Etelvino me enche de orgulho e expectativa”.

O teatro, como um espelho da vida, faz parte do desenvolvimento cultural dos povos há milênios. Portanto, a escola é um palco por si só. Não pode haver escola sem palco. E por não poder, ele estar na Escola Etelvino, através da ONG Moradia e Cidadania.

A escritora Patrícia Franz diz que: Cada vez mais a educação carece de parceiras; e os projetos literários, apoiados pela Caixa Federal em nossa cidade, cumprem com excelência esse papel. Possibilitar às escolas o encontro dos alunos com escritores locais, confrontando o texto lido e desenvolvendo habilidades a partir dele, é uma grande oportunidade, celebrada por todos nós.cassio

Rodrigo Fernandes diretor da escola aplaude mais esta iniciativa da ONG MORADIA E CIDADANIA, afirmando que é uma honra para a escola Etelvino passar das páginas ao palco com parceiros montenegrinos.

Os empregados da Caixa Econômica Federal, creem que a cultura é muito importante e trabalham neste sentido através de sua ONG. Segundo o gerente da Agência Montenegro, Heitor Appel, o projeto PALCO NA ESCOLA visa aproximar alunos e familiares da vivência lúdica do teatro. E é mais um novo passo para a humanização das pessoas.

O projeto O PALCO NA ESCOLA é mais uma ação da CAIXA em prol da comunidade montenegrina. Conforme Stiehl, em breve os protagonistas do projeto entrarão em ação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>