GFAC projeta novo ano de trabalho

O Grupo Farroupilha de Artes Cênicas (GFAC) nasceu em Farroupilha em 2009 e desde lá, realiza atividades ininterruptas na cidade e região. O grupo recebe anualmente alunos/artistas vinculados ao projeto Fábrica de Sonhos (projeto de Teatro Educação da Marca Produções Culturais) e também interessados em iniciar um processo de pesquisa e criação em teatro.gafcss

Neste ano, pelo menos 12 alunos/artistas devem se juntar ao grupo, e desenvolver uma nova montagem que estreia em novembro de 2018. Além de experimentar um processo criativo em teatro, os integrantes do grupo desenvolvem trabalhos na área da produção cultural e iluminação, realizados pela Marca Produções Culturais.
Em 2017, o grupo integrou o elenco do espetáculo Caravaggio: uma história de fé, apresentado em frente ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, projeto que deve continuar em 2018.

O grupo
GFAC – Grupo Farroupilha de Artes Cênicas é um coletivo teatral vinculado ao projeto Fábrica de Sonhos da Marca Produções Culturais. Situado na cidade de Farroupilha, o grupo tem por objetivo iniciar a formação de atores além de desenvolver montagens teatrais fundamentadas em processos de pesquisa. O grupo experimenta linguagens teatrais diversificadas em cada montagem e dialoga com conceitos da produção contemporânea. O grupo é vinculado á Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Farroupilha e possibilita o ingresso de atores que já desenvolvem um trabalho em uma das outras unidades que o projeto Fábrica de Sonhos atua na cidade. A direção é de Cassiano Azeredo.
Histórico
O grupo iniciou suas atividades no início de 2009. Neste ano desenvolveu um processo de treinamento que resultou na montagem da peça O Pequeno Príncipe, adaptação da obra de Aintoine de Saint-Exupéry. O segundo trabalho, Aquele que diz sim ou não, a partir da Obra de Bertold Brecht, proporcionou ao grupo um novo desafio: mergulhar no universo teatral de Brecht. Essa montagem ficou em cartaz por dois anos e participou dos principais festivais de teatro amador do estado, recebendo 25 premiações. Em seu terceiro trabalho o grupo experimentou a criação cênica a partir de textos literários com a obra Vida Fora da Gangue, inspirado no romance homônimo de Pedro Stiehl. Esta montagem, que ficou em cartaz por dois anos, foi a primeira desenvolvida pelo grupo direcionada ao público adolescente. A peça circulou o estado do RS, inclusive com o próprio autor presente em grande parte das apresentações. Em 2014, o grupo dedicou-se a um treinamento sobre o trabalho do ator, recolheu-se em processo de pesquisa que reverberou na montagem Il Gran Spetacolo Favole, em parceria com o Teatro do Clã. A peça ganhou o edital Farroupilha Cultural e apresentou nos bairros da cidade, além de algumas apresentações pelo estado. Nos anos de 2015 e 2016, com o elenco renovado, o grupo apresentou sua primeira comédia, intitulada Dionisius. A peça revisita o mito dionisíaco e suas peripécias pelo mundo em fuga de sua madrasta a deusa Hera. Em 2017, o grupo se dedicou, novamente em parceria com o Teatro do Clã, à montagem Caravaggio: uma história de fé, primeira representação cênica realizada em frente a um dos maiores santuários religiosos do Brasil, o Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio em Farroupilha.

 

Foto 1 (1).jpggfac

 

 

 

Foto 2 (1).JPGgfacFoto 3 (1).JPGgfac

 

O grupo na apresentação da peça                      Apresentação da peça Caravaggio uma                                                        Grupo GFAC em treinamento                                                              Dionísius (Foto Ana Lautert)                                  história de fé (Foto Neimar De Cesare)                                                          (Foto Fernanda Araldi)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>